Pesquisar neste blog

Postagens populares

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Cigarro


 


É uma afronta a minha saúde.
Me faz mal.
Me faz bem.
Me quer quando te trago.
Mas você dispersa como a fumaça.
Sua facilidade em dissipar é notável,
porém fica seu cheiro impregnado em mim.
Não te gosto além do óbvio.
Afinal, você é um vício.

Te tenho entre meus dedos.
Eu sei que eu olho pra você e te desejo momentaneamente
e pra-ze-ro-sa-men-te.
Mas é só isso.
Acende-se o fogo, digo, o cigarro,
e enquanto é tragado sem pressa,
é sentido pelos lábios, pela garganta, pelas mãos.
Me consome enquanto é consumido,
me faz ficar tonta e depois...
depois apaga.
É só isso.
Mas o vício é assim.
Alguém tem fogo?

5 comentários:

Natália Nunes disse...

gente, mas o negócio aqui tá a todo vapor!! :D


lembro de uma vez que escrevi um texto chamado "smoke me".
devo ter ele por aqui em algum lugar.
eu já devo ter sangue de coca-cola haha.

essa foto é foda!

;*

Nanda disse...

para de fumar ex friend!

zenodutra disse...

Jey! Seu blogue tá lindo! Continue assim! Não sabia dessa sua afinidade tão grande com as palavras: uma graça! Nas férias eu pretendo entrar nessa de blogue também. Não vai ser tão bom quanto o seu; nem tão lírico assim... Quem sabe uns textinhos mequetrefes. Mais uma vez, tá ótimo! Parabéns! Beijos!

Júlia disse...

jey jey, é a mais pura verdade
(ps. esse comentário do zeno foi meigay, tenho q zuar)

Dan disse...

Achei fantástico esse seu texto e que bom que o compreendi em seus significados =D rsrs.. Parabéns Jey..